Professora e pesquisadora da Escola Rollins de Saúde Pública da Emory University (Atlanta – Geórgia – Estados Unidos), estuda a relação dos direitos humanos e saúde pública bem como seus efeitos nas populações mais vulneráveis. Dirige o Centro de Emergências Humanitárias da universidade e é pioneira em inserir a analogia dos direitos humanos e da saúde como conteúdo curricular. Sua pesquisa tem traçado novos caminhos interdisciplinares na intersecção de saúde pública, direitos humanos e respostas humanitárias. Treinou mais de 1.000 profissionais de 35 países. Seus atuais projetos incluem um estudo sobre a discriminação e estigma dos sobreviventes do Ebola, avaliação dos direitos humanos em relação à política de desenvolvimento da vacina contra o HPV no Brasil e uma análise longitudinal dos dados de moradores de asilos do sudeste dos Estados Unidos.